Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

500 anos da Reforma Luterana

Por: P. Elton Pothin
06/10/2017
Compartilhar:

 Martin Dreher, em seu livro “A crise e a renovação da Igreja no período da Reforma” escreve que a Reforma “só pôde acontecer no momento histórico em que ocorreu.” (p. 12). Está localizada historicamente no período entre o fim da Idade Média e o início da Idade Moderna. Neste espaço, nas próximas semanas, iremos abordar alguns aspectos históricos que levaram ao êxito da Reforma Luterana ou Protestante.

No âmbito político, haviam se formado na Europa ocidental uma série de grandes Estados nacionais: França, Inglaterra, Espanha. Na Europa central era diferente. Nem a Alemanha nem a Itália tinham unidade política. Havia muitos centros regionais de poder Por outro lado, a parte sul do Leste Europeu estava sob o domínio turco. Desde os tempos das cruzadas, os turcos haviam se expandido. Em 1529, Suleimão II chegou às portas da cidade de Viena. O perigo turco foi o principal problema político da Europa do século XVI.

O imperador Carlos V e seu irmão Fernando assumiram a luta contra os turcos, mas necessitaram do suporte financeiro dos príncipes alemães. Mas, para cada auxílio que davam, negociavam vantagens com o imperador.

Em boa parte, estes príncipes alemães eram protestantes. E a cada auxílio que davam, sempre exigiram que a questão religiosa fosse discutida antes de se tratar de empréstimos para a guerra contra dos turcos. Dependendo das concessões religiosas, faziam-se concessões financeiras. Assim, a Reforma deve sua expansão em grande parte às guerras que foram travadas na Europa. Diz Martin Dreher: “Hereges podem ser aliados preciosos.” (p. 10).

No aspecto cultural, a Reforma coincide parcialmente com o Renascimento e o Humanismo. Buscava-se a volta às origens, à Antiguidade, que iria renascer e dar novo rumo à sociedade. O renascimento provocou um novo sentimento de vida. No aspecto científico, houve avanços significativos na área da matemática, geografia, astronomia, medicina, matemática. Como o conhecimento era também controlado pela Igreja, houve muitos conflitos, dos quais os na área da astronomia são os mais conhecidos, onde Nicolau Copérnico e Galileu Galilei foram perseguidos pela Inquisição. E, nesta perspectiva, a Reforma se coloca como um novo começo, uma nova perspectiva. 

Assim, o contexto histórico do momento político e cultural foram propícios e favoreceram a Reforma. Conheça a Igreja Evangélica de Confissão Luterana em Petrópolis. Avenida Ipiranga, 346. Cultos todos os domingos às 09:00h. Tel. 24.2242-1703.