Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Adultos têm só até amanhã para tomar a vacina contra o HPV: 700 foram imunizados

29/08/2017
Compartilhar:
Divulgação

A campanha para imunização contra o HPV entre os jovens de 15 a 26 anos foi intensificada pela Secretaria de Saúde. Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, o município aderiu ao movimento de vacinação em adultos e tem até amanhã (30 de agosto) para imunizar 2.490 pessoas. A Coordenação de Epidemiologia distribuiu 1.680 doses em unidades de saúde com rotina de vacinação e desde então cerca de 700 pessoas já tomaram a vacina. A ampliação da faixa etária ocorreu em todo o Brasil, em municípios que possuíam vacinas com previsão de validade para este ano. 

As doses contra HPV estão disponíveis em 14 unidades de saúde com rotina de vacinação, de 9h às 16h -  com intervalo de 1h de almoço. Nas UBS do Retiro, Quitandinha e Itamarati a população pode se vacinar até as 19h30. A meta é aumentar o número de pessoas protegidas contra o vírus, que é um dos responsáveis pelo desenvolvimento do câncer de colo de útero nas mulheres e cujo contágio ocorre também pela relação sexual.

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde Elisabeth Wildberger, explica que a imunização dos adultos ocorrerá em três fases – no dia da vacinação, dois meses após a primeira dose e seis meses após a primeira dose. Ela reitera que após a aplicação, os adultos que se imunizarem poderão retornar às unidades para receber outras doses previstas no esquema de vacinação.

“A imunização contra o HPV pode ajudar na prevenção ao câncer do colo de útero, pênis, ânus e garganta. É de grande importância que os adolescentes e a população que se enquadra nesta nova faixa etária se imunizem. Estamos evitando o desperdício das doses, já que a adesão à campanha está em baixa em todo o Brasil”, alerta Elisabeth Wildberger.

A vacinação de adolescentes continua normalmente. Devem ser vacinados: meninas dos 9 aos 14 anos e os meninos dos 11 anos aos 14 anos, em ambos os casos, o esquema vacinal prevê a aplicação de duas doses, com um intervalo mínimo de seis meses e máximo de 12 meses entre a primeira e a segunda dose. Atualmente há 1.646 meninas e meninos protegidos contra o vírus no município, mas a estimativa é que 18 mil sejam vacinados. 

A coordenadora da Epidemiologia, Alessandra Cardoso explica que a vacina não deve ser aplicada em gestantes, mas pode ser aplicada em mães que estiverem amamentando. “A vacina protege contra quatro subtipos de HPV, sendo dois responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero, que é a terceira causa de morte de mulheres no Brasil. O vírus pode provocar também casos de câncer de pênis, ânus e garganta. A vacina é segura, não há contraindicação, o que ela pode provocar de reação é uma febre leve e a região ficar um pouco dolorida como pode ocorrer em qualquer outra aplicação de vacina. Gestantes não podem ser vacinadas, mas mães que estiverem amamentando podem tomar a vacina”, explica a coordenadora da Epidemiologia, Alessandra Cardoso.

A campanha contra o HPV foi adotada em todo o Estado do Rio de Janeiro pelo SUS, e posteriormente por outros estados e pelo Ministério da Saúde, após a publicação da Lei 6.060/11 de autoria então deputado estadual, hoje prefeito, Bernardo Rossi.

A imunização para os meninos passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro deste ano, contemplando inicialmente os meninos de 12 até 13 anos. Até o ano passado, era feita apenas em meninas. O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da imunização em junho deste ano, passando a aplicação das doses em meninos de 11 até 15 anos incompletos. Também terão direito a vacina, a partir de agora, homens e mulheres transplantados e pacientes oncológicos em tratamento de quimioterapia e radioterapia.


Lista dos postos de Saúde e demais locais de vacinação:

*Atendimento de 9h às 16h – com intervalo de 1 hora de almoço 

 

?Instituto da Mulher (antigo Centro de Saúde) - Rua Santos Dumont, S/Nº

?PSF Alto da Serra - Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)

?PSF São Sebastião - Rua São Sebastião nº 625

?UBS Alto Independência - Rua Ângelo João Brand s/n

?Ambulatório Escola - Rua Bernardo Proença nº 32

?Hospital Alcides Carneiro - Rua Vigário Corrêa, 1.345

UBS Morin - Rua Pedro Ivo, n.º 81 – Morin

UBS Itaipava - Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues s/n

UBS Pedro do Rio - Estrada União e Indústria s/n

?PSF Posse - Estrada União de Indústria nº 33.530

Coordenação Epidemiologia - Hospital Municipal Nelson de Sá Earp - Rua Paulino Afonso, 455.

 

*Atendimento de 9h às 19h30 – Com intervalo de 1 hora de almoço 

?UBS Quitandinha - Rua General Rondon nº 400

?UBS Retiro - Av. Barão do Rio Branco s/n 

?UBS Itamarati - Rua Hívio Naliato nº 169 

 

 


Veja Também

Público-alvo de vacina contra HPV é ampliado, confira os postos de...

O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da imunização contra o HPV para mulheres e homens de 15 até 26 anos. A medida vale apenas enquanto... Leia mais >>

Multirão de Vacinação contra HPV acontece hoje; confira os locais

Intensificando as ações de prevenção contra o HPV (Papiloma Vírus Humano), a Secretaria de Saúde realiza hoje (24) um mutirão de vacinação... Leia mais >>

Vacina de HPV é ampliada para meninos de 11 a 15 anos incompletos

O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da imunização contra o HPV que a partir de agora passa a ser ofertada para os meninos de 11 até 15... Leia mais >>

Secretaria de Saúde promove Dia D de vacinação contra HPV dia 24

A Secretaria de Saúde, seguindo uma diretriz do Governo do Estado, promoverá no sábado (24.06) um dia D de vacinação contra o HPV (Papiloma... Leia mais >>

Meninos começam a ser vacinados contra HPV na rede pública de saúde

O Ministério da Saúde adquiriu seis milhões de doses para vacinar 3,6 milhões de meninos em 2017. Imunização vai reduzir a propagação do... Leia mais >>