Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Diretores de escolas serão orientados sobre riscos do jogo da “Baleia Azul”

27/04/2017
Compartilhar:
Foto divulgação
A delegada de Repressão aos Crimes de Informática, Fernanda Santos Fernandes, vai orientar diretores de escolas públicas e particulares, além dos orientadores pedagógicos, sobre os riscos do jogo da “Baleia Azul”. O tema se tornou problema depois da suspeita que os desafios do jogo levaram ao suicídio três jovens nas cidades de Belo Horizonte (MG), Pará de Minas (MG) e Arcoverde (PE). Ela se reuniu com o prefeito Bernardo Rossi quarta-feira (26) e pediu a contribuição das secretarias de Saúde e Educação para investigar se há casos em na cidade, além de se colocar à disposição para ministrar uma palestra com diretores e orientadores pedagógicos de escolas do município. De acordo com a delegada, não há vítimas do jogo em Petrópolis.

Cadastre-se gratuitamente ou faça o login utilizando as redes sociais para ler 15 matéria(s) por mês ou faça uma assinatura digital para ter acesso livre à todas as edições da sua Tribuna digital.