Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Família de paciente do SMH pede doação de sangue

Por: Luana Motta
23/08/2017
Compartilhar:
Marco Oddone / Tribuna de Petrópolis

Rita Regina Rodrigues dos Santos está precisando com urgência de sangue do tipo O+. A petropolitana está internada no hospital Sociedade Médico Hospitalar Beneficência Portuguesa (SMH), no Valparaíso, fazendo um tratamento contra um câncer. Por causa de um quadro de anemia, ela está precisando fazer transfusões de sangue com frequência. Familiares e amigos da paciente fazem um apelo a todos que puderem ajudar. 

O banco de sangue abastece a demanda interna do hospital, por isso, é importante a ajuda de doadores de todos os tipos sanguíneos. A sobrinha de Rita, Sandra Luzia Lau Carneiro pede a todos que possam comparecer ao hospital, que o façam. Apesar do tipo sanguíneo da paciente ser O+, ela pode receber também de O-. “Eu agradeço imensamente, desde já, a todos que possam ir até o hospital para fazer a doação”, agradeceu Sandra.

Para doar, o voluntário precisa ter entre 18 e 69 anos, pesar no mínimo 50 quilos, além de estar em boas condições de saúde. Não precisa estar em jejum, mas deve evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação. Também não pode ter ingerido bebida alcoólica nas doze horas que antecederem a ida ao banco. 

Para que a doação seja direcionada para um paciente específico, na hora de se cadastrar o voluntário deve indicar o nome do paciente. Caso o mesmo não esteja precisando, a bolsa será direcionada para outro paciente que precise na unidade. O banco de sangue funciona de segunda a sexta feira, de 7h30 às 10h30, no próprio hospital SMH, que fica na Avenida Portugal, 236, no Valparaíso, a entrada é perto do ambulatório. Para mais informações, basta entrar em contato pelo telefone (24)2244-4200, ramal 2178.