Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Peugeot atualiza 208 brasileiro com motor 1.2 três cilindros e inédita versão GT

04/04/2016
Compartilhar:
Foto: Reprodução

A Peugeot lança a linha 2017 do 208 com diferentes novidades, equiparando o modelo produzido em Porto Real (RJ) em design e tecnologia ao francês. Além de leves alterações de estilo e novas versões – entre elas a esportiva GT, que traz sob o capô o motor 1.6 THP de 173cv dos carros médios do Grupo PSA (Peugeot Citroën) –, o hatchback compacto entra na onda dos motores três cilindros com um 1.2 de 90cv que promete consumo até 37% menor do que o 1.5 anterior. São seis versões de acabamento (Active, Active Pack, Allure, Sport, Griffe e GT), mantendo o motor 1.6 16v e o obsoleto câmbio automático de quatro velocidades como opções às caixas manual de cinco e seis marchas.

No design, o 208 2017 chega com discrição. Mudaram apenas os faróis, de máscara negra com guia de LEDs, aplique cromados próximos às lâmpadas e o para-choque frontal. De perfil o carro exibe desenhos renovados para as rodas de liga leve de 15 a 17 polegadas, de acabamento bicolor ou diamantado – exceto na versão de entrada 1.2 Active. As lanternas em formato de bumerangue receberam apenas nova distribuição de luzes, também em LEDs.

Por dentro o painel segue o que a Peugeot chama de conceito i-Cockpit, com instrumentação elevada, leitura por cima do volante, volante achatado e de pequeno diâmetro e posto de condução diferente do usual. A tela multimídia sensível ao toque de sete polegadas integra funções de rádio, bluetooth, computador de bordo, navegação no Brasil e países limítrofes, câmera traseira (presenta nas versões GT e Griffe) e espelhamento de smartphones, função chamada pela Peugeot de MirrorScreen. O volante multifuncional vem com revestimento em couro e a iluminação da tela central é na cor branca, exceto no 1.2 Active (agulha na cor vermelha).