Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Acusado de matar a família diz que não se lembra do dia do crime

Por: Janaina do Carmo
01/04/2017
Compartilhar:
Grupo WhtasApp
O pedreiro Jorge Luis Evangelista, de 51 anos, acusado de matar brutalmente a ex-mulher Luciana Vieira Rodrigues, de 32 anos e os três filhos – Wesley, de oito anos, Emili de 13 e Evelin, de 10 anos – disse ao advogado André Reis que não lembra do dia do crime. Jorge está internado sob escolta policial desde a última quarta-feira (29) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Teresa (HST) com 70% do corpo queimado. O estado de saúde dele é considerado grave.

Cadastre-se gratuitamente ou faça o login utilizando as redes sociais para ler 15 matéria(s) por mês ou faça uma assinatura digital para ter acesso livre à todas as edições da sua Tribuna digital.