Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Após carnaval, aumenta a demanda no Banco de Sangue de Petrópolis

Por: Arthur Vieira
02/03/2017
Compartilhar:

Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa precisa de doações para repor o estoque que acabou ficando reduzido depois dos acidentes do fim de semana. O aumento na demanda para transfusão, somado à redução do número de doadores por causa do feriado acabou piorando a situação.

A unidade faz um apelo para que as pessoas voltem a doar sangue para normalizar o estoque das bolsas. “Com esse feriadão o nosso estoque caiu bastante, e a demanda aumentou. E por mais que tenhamos tido uma participação boa de doadores na quarta-feira de Cinzas, ainda precisamos de mais doadores”, explicou Eliane Azevedo, captadora. 

O Banco de Sangue Santa Teresa é responsável por atender pacientes tanto do SUS quanto da rede particular. São pessoas atendidas em prontos-socorros, nos hospitais Santa Teresa, Alcides Carneiro e Unimed e também pacientes encaminhados pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) que dependem dessas doações todos os dias. A unidade atende também a pacientes do CTO – Centro de Terapia Oncológica, e precisa de uma média de 70 a 80 doadores por dia para manter o estoque cheio. “É necessário ter essa média de cerca de 80 doadores para ficar num nível bom. Mas aqui tudo é imprevisível. Às vezes tem um dia que 70 pessoas doando dá conta. No entanto, a qualquer momento, acontecendo um ou mais acidentes a nossa demanda pode aumentar, e precisamos por isso estar com a oferta em dia”, explicou Eliane. 

Foi pensando em ajudar que a assistente de consultório Cíntia Carneiro, decidiu pela segunda vez tentar doar sangue. “Tomara que agora eu consiga! Vim por livre e espontânea vontade, sem ter nenhum parente precisando. Simplesmente para ajudar”, contou. Na primeira vez em que tentou doar, Cíntia não conseguiu, porque captadores não haviam conseguido localizar as veias necessárias para a sucção. Mas ontem foi diferente. “Graças a Deus deu certo! Estou muito feliz por ter conseguido”, completou. 

A administradora Mariana Carneiro, de 29 anos, que também foi espontaneamente, já tem o costume de doar sangue. “É sempre muito bom poder ajudar”, completou.

Quem pode doar?

Os interessados precisam pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar 3 horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável). O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento.

O Hospital Santa Teresa fica na rua Paulino Afonso, 477, bairro Bingen. O local possui estacionamento para doadores. Mais informações pelos telefones (24) 2245-2324 ou (24) 99269-4355.

Banco de Sangue no Hospital Santa Teresa