Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Donado & Wanda

Por: Joaquim Eloy dos Santos - Escritor
13/09/2017
Compartilhar:

Donato e Wanda, casal de muita história que honra Petrópolis e sua gente.

Donato partiu para atender as fraturas do Infinito e, certamente, ocupa lugar de honra na bemaventurança celeste, somente disponibilizada aos bons. Foi ele um dos mais renomados médicos brasileiros. Competente, estudioso, excelente, pura e digna criatura humana. Um profissional perfeito e respeitado. Donato D´Ângelo figura no olimpo daqueles que honraram a vida e a santa profissão da medicina com dignidade e competência. Foi meu confrade na Academia Petropolitana de Letras, sempre atento e presente, do qual guardo o exemplo de excelente cidadão e verdadeiro e leal amigo. Quando ele e a esposa Wanda visitaram a cidade italiana de Bomba, berço da família D´ângelo, o casal querido me presenteou com um postal da linda localidade. Minha esposa Shirley, artista plástica, transformou a paisagem do postal em um quadro sob a técnica óleo sobre tela, presenteado a eles como homenagem e agradecimento por tanta amizade, consideração e identidade nossa ao nivel de verdadeira fraternidade.

Wanda, admirável esposa de Donato, exemplo de dedicação ao esposo e coadjuvante em sua missão de profissional da medicina, acaba de completar 90 anos de idade, sempre a Wanda elegante, solidária, amiga, daquelas criaturas humanas raras que participam com alegria da vida em todos os momentos que exigem sua presença como exemplo de mulher admirável. Wanda é sinônimo de vida, amor, garra, sem dúvida uma personalidade marcante da sociedade petropolitana.

Pela passagem de seus 90 anos, querida Wanda D´Ângelo, o nosso cumprimento – de toda a minha família – extensivo em tributo a Donato, seus filhos e demais descendentes e parentes, que fizeram e fazem história nessa saga italiana que trouxe riqueza, solidariedade e amor ao melhor sentimento que embala a vida da Cidade Imperial de Petrópolis, da qual somos todos diletos filhos.