Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Escuderias de Petrópolis recuperam hegemonia na principal categoria

17/12/2015
Compartilhar:

No ano passado, não deu para nenhuma escuderia sediada em Petrópolis conquistar o título do Campeonato Brasileiro de stock car. Mas a temporada 2015 foi diferente. O piloto Marcos Gomes, da Voxx Racing, ficou com o título após a vitória na última etapa da competição, em Interlagos (SP) e que recoloca o município novamente em voga na principal categoria do automobilismo. A stock car tem um novo e merecido campeão. A avaliação é dos pilotos Antonio Pizzonia e Julio Campos, que no domingo passado se despediram da equipe PratiDonaduzzi ao final da 12ª e última etapa da temporada. Pizzonia, apesar dos problemas de câmbio e de acerto, cruzou a linha de chegada em 16º, enquanto o companheiro abandonou depois de um choque com Bia Figueiredo. “Ele foi o mais rápido o ano todo. E não teve nenhuma pista onde não tenha andado forte. O título está em boas mãos”, resumiu o ex-piloto da Fórmula 1. “Foijusto. Marquinhos foi o piloto mais rápido com o carro mais rápido durante o campeonato. Tanto ele quanto a equipe estão de parabéns”, completou Campos. AVoxx Racing, cuja sede está localizada em Itaipava, é vizinha de outras duas que fizeram sucesso no Brasileiro (Red Bull Racing e Shell Racing). As outras duas são a Vogel Motorsports e ProGP, ambas também localizadas nos distritos. A Cidade Imperial se igualou a São Paulo e Curitiba em número de times de automobilismo neste ano. Porém, quando se fala em classificação neste ano, as duas primeiras colocadas foram a Voxx Racing e a Red Bull, sendo que em terceiro aparece a Full Time Sports, do veteraníssimo Rubinho Barrichello. Já a equipe Vogel terminou em oitavo lugar entre as 17 inscritas no Brasileiro. A ProGP foi a última colocada na temporada.