Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Maio Amarelo começou domingo

01/05/2016
Compartilhar:

A Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro e a Prefeitura de Petrópolis lançaram neste domingo mais uma edição do movimento Maio Amarelo. A abertura será realizada às 9h, na sede da Prefeitura, no Centro Histórico, durante o encerramento e premiação da Corrida do Trabalhador. Ao longo do dia, haverá ações de conscientização, com panfletagem e sensibilização, no Parque Municipal, em Itaipava, onde está sendo realizada a XXVII Expo Petrópolis.

A Corrida do Trabalhador, evento promovido pela Prefeitura de Petrópolis, abraça novamente o maio Amarelo abrindo as atividades do movimento que visa chamar a atenção da população em relação aos altos índices de acidentes de trânsito. Na camiseta da prova, os corredores carregarão o laço amarelo, símbolo da campanha que, em Petrópolis conta com a adesão de diversas instituições e também da iniciativa privada.

“Esse movimento é um movimento da sociedade, não um movimento de poder público. Todos nós somos pedestres, ciclistas, motoristas, passageiros, ou seja, todos nos dependemos do trânsito. Esse movimento requer que nós também sejamos agentes sensibilizadores no trânsito. Não adianta achar que quem cuida do trânsito é só o agente de trânsito. Todos nós somos agentes transformadores e cabe a nós fazer um trânsito seguro. Em Petrópolis já somos conhecidos pela riqueza cultural e os atrativos turísticos. Meu desejo é que possamos ser conhecidos como uma cidade com cada vez menos acidentes e não tenho dúvidas de que isso é possível”, disse o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, Hugo Leal.

O prefeito Rubens Bomtempo também lembrou a importância do movimento. “Os acidentes de trânsito têm conseqüências para a vítima, para os seus amigos e familiares, e também para todo o sistema de saúde. Temos que trabalhar por um trânsito mais humano”, frisou, lembrando que, em 2015, incluiu, por meio de lei, o Maio Amarelo no calendário oficial do município. “Hoje o Maio Amarelo é uma política pública da cidade e não apenas de um governo”, lembrou.



688 acidentes com vitimas

Segundo dados do Corpo de Bombeiros de Petrópolis, em 2015, foram registrados 688 acidentes de trânsito em Petrópolis, entre colisões, quedas de moto, capotamentos e atropelamentos. Todos com vítimas, algumas, fatais. No primeiro trimestre deste ano, os bombeiros registraram 130 saídas para socorrer os acidentados no trânsito.

A proposta do movimento Maio Amarelo é justamente chamar a atenção para estes números, que, infelizmente, vêm acompanhados em sua grande maioria com o registro de vítimas fatais e/ou com sequelas permanentes. A ideia é mobilizar durante todo o mês, envolvendo a sociedade civil organizada, governo, empresas e outros segmentos. A ideia é mobilizar o maior número de pessoas para discutir o tema, sensibilizando todos pela redução da violência no trânsito.

Após a abertura do Maio Amarelo pela manhã, as atividades terão continuidade na Expo Petrópolis, evento que atrai milhares de pessoas ao Parque de Exposições. Para chamar a atenção dos motoristas, já no trevo de Bonsucesso, antes do parque, a Prefeitura vai expor um veículo acidentado com faixas lembrando a importância da segurança no trânsito e citando a campanha municipal Eu Respeito a Vida, de conscientização em relação ao tema.

Na entrada do parque haverá, ainda, exposição de matérias publicadas em jornais sobre acidentes e painel com dados de acidentes no município. O 15º Grupamento de Bombeiro Militar também participará da ação: uma equipe estará com um carro de salvamento, mostrando ao público equipamentos utilizados no socorro a vítimas de acidentes. Além de conhecer as ferramentas, as pessoas poderão conversar com os bombeiros.

Dentro do parque, a Prefeitura vai usar bolas amarelas para lembrar a população sobre a campanha. Equipes distribuirão laços amarelos, que são o símbolo do movimento, à população. Os artistas que se apresentarão na data também farão sensibilização em relação à campanha.