Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Ônibus bate e derruba poste no Duarte da Silveira

Por: Livia Müller
03/03/2016
Compartilhar:

No início da manhã de hoje, por volta das 6h30, um ônibus se chocou contra um poste de iluminação pública na rua Coronel Duarte da Silveira. O veículo estava sem passageiros e de acordo com testemunhas o motorista não estava em alta velocidade. O acidente provocou a queda do poste e a ruptura da fiação que consequentemente deixou os moradores da região sem energia elétrica. Nem a polícia e nem o Corpo de Bombeiros foram acionados, com isso a ocorrência não foi registrada. A concessionária Ampla foi solicitada por diversos moradores e ainda pelos técnicos de outras empresas, mas informou que não tinha um horário para reparar os danos. 

Quando a equipe da Tribuna chegou ao local o ônibus da empresa Flexbus, que faz o transporte dos funcionários da empresa GE Celma, não estava mais lá. De acordo com o dono de uma oficina próxima o próprio motorista foi embora dirigindo. “Ele não vinha correndo e só vi na hora que ele bateu, deve ter perdido o controle, mas, ainda assim, ele não se machucou. Na hora do acidente os fios ficaram todos espalhados pela rua e a luz caiu imediatamente. Todos estão sem energia por aqui e a oficina só está funcionando porque a rede é diferente”, diz.

Segundo o mecânico que não quis ser identificado muitos imóveis da região ficaram sem luz e  diversas clientes da concessionária Ampla entraram em contato com a empresa que até às 12h ainda não tinha chegado ao local para fazer os reparos e restabelecer a energia. Apesar da situação desagradável, para ele o maior problema é acontecer um acidente. “Várias pessoas já ligaram para Ampla porque estão sem luz desde às 6h30, mas ninguém veio até agora. Se não fosse uma equipe da Net os fios estariam jogados pela via até agora. Ainda há pouco tinha uma criança quase encostando no fio e mandei ela se afastar, fora o perigo oferecido pelo poste, que pode cair em cima dos carros”, fala. 

De acordo com o técnico de rede externa da Net, Eduardo Ribeiro, os fios não estavam energizados pois o transformador foi desarmado no momento do acidente quando o poste tombou. Ainda segundo Eduardo os clientes da Net que não foram afetados com a falta de energia continuaram com a rede, por meio de um gerador que garantiu o serviço. “Uma equipe que passava pelo local viu o acidente e viemos tirar a nossa parte que estava oferecendo perigo. Tiramos do caminho e a Oi também veio aqui e cortou os cabos para desobstruir o caminho. Entramos em contato com a Ampla e disseram que virão ainda hoje, mas não deram precisão da hora”, afirma.