Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Ousadia e desrespeito: estacionamento irregular é rotina na Av. Barão do Rio Branco

10/01/2017
Compartilhar:
Alexandre Carius / Tribuna de Petrópolis

O estacionamento irregular está se tornando um problema rotineiro na Avenida Barão do Rio Branco, que liga o Retiro ao centro da cidade. Em diversos pontos da via é possível encontrar carros sobre a ciclofaixa em trechos onde a parada é proibida e em alguns trechos há até veículos sobre a calçada. 

O ponto mais crítico é o fim da avenida, próximo ao Centro Administrativo da Prefeitura de Petrópolis, antigo colégio Anglo-Americano. Por lá é comum encontrar vários carros e motos estacionados bem ao lado das placas da regulamentação de trânsito, que indicam justamente a proibição do estacionamento ao longo da via.

Carlos Alberto Ávila, motorista de kombi escolar, reclamou do desrespeito à sinalização. “A gente tem que respeitar as leis, não tem? Então por que aqui na frente da Prefeitura as pessoas têm direito de infringi-las? É um absurdo isso aí. Na cara do poder público pode? Está errado. Então quer dizer que eu sou multado se ligo o pisca-alerta e fico dentro do carro parado em frente a um portão, a ponto de tirar o carro no momento em que entrar ou sair alguém, enquanto um cara desses que trabalha na Prefeitura para o carro lá na frente, debaixo da placa, na cara do governo e ninguém faz nada? É demais!” desabafou.

O motorista falou também do risco de estacionar num trecho onde há estreitamento de pista. “Aqui na Barão temos trechos muito estreitos e trechos mais largos. Tudo isso sem sinalização. Ou seja, você está cortando, principalmente, o motorista de fora, ele vem cortando e quando vê o cara entra na frente dele. Imagina só toda hora ter que entrar na frente, porque alguém parou o carro na beira da rua, atrapalhando todo mundo”, exemplificou Carlos.

A Tribuna foi até o local e testemunhou até mesmo um Renault Sandero, do governo municipal, estacionado bem ao lado da placa. Na tarde de ontem havia, pelo menos, 28 carros parados próximo ao prédio da Prefeitura. Todos eles em local proibido, conforme regulamentação sinalizada. 

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) informa que está ciente das questões relatadas e já vem trabalhando na solução dos mesmos. No caso dos carros parados em frente ao Centro Administrativo da Prefeitura, na Barão do Rio Branco, a companhia lembra que o prédio foi alugado pela gestão anterior para abrigar departamentos onde o fluxo da população é intenso, porém, não foi observada a falta de vagas de estacionamento para quem chega de carro ao local. A Companhia está buscando um terreno próximo ao endereço que sirva como estacionamento para que motoristas possam parar adequadamente sem prejudicar o fluxo de veículos da região.  

Os estacionamentos do prédio (incluindo um terreno atrás do Centro Administrativo coberto de mato, mas limpo na sexta-feira) podem ser usados por quem procura o local, mas a quantidade de vagas, reduzida, não comporta a grande procura.

No caso do estacionamento irregular na Estrada União e Indústria, a CPTrans informa que está planejando operações no distrito já no próximo fim de semana (14 e 15 de janeiro). Os veículos que estiverem estacionados em locais proibidos serão notificados inicialmente e, caso haja incidência, os motoristas serão multados e os veículos rebocados.