Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Mamógrafo fica 5 dias sem funcionar durante campanha do Outubro Rosa

Por: Redação Tribuna
28/10/2017
Compartilhar:
Foto: Arquivo Tribuna

O mamógrafo do Hospital Alcides Carneiro ficou cinco dias sem funcionar durante a campanha do Outubro Rosa. O equipamento quebrou na última segunda-feira (23) e foi consertado no fim do dia de ontem (27). Segundo a Prefeitura de Petrópolis, durante o período as pacientes que estavam agendadas no HAC foram transferidas para o Instituto Petropolitano - conveniado ao SUS. O incidente ocorreu após uma peça do equipamento queimar. Os atendimentos voltam a ser realizados normalmente na próxima segunda-feira (30).

O Hospital Alcides Carneiro realiza em média 300 mamografias por mês. Do dia 2 a 23 de outubro foram realizados 265 exames. A Secretaria de Saúde ressaltou, que o município oferece duas clínicas particulares conveniadas ao SUS para realizar o exame, além do Centro de Saúde e HAC.

Durante o Outubro Rosa estão sendo oferecidos 3.100 exames para as mulheres nessas quatro unidades de Saúde, sendo, 1.680 apenas no Hospital Alcides Carneiro e o restante serão agendados no Centro de Saúde e em duas clínicas particulares conveniadas ao SUS.Atualmente há 7.350 mamografias realizadas no municio, destas, 4.209 apenas na faixa etária entre50 a 69 anos – alvo da campanha.

Atualmente 464 mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama no município. A indicação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja realizada a cada dois anos em mulheres entre 50 e 69 anos. Mas em casos específicos, a recomendação dos médicos é que a avaliação seja feita antes dos 35 anos e anualmente. Além disso, o Ministério também preconiza que o tempo entre a detecção da doença e o início do tratamento seja de até 60 dias.