Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Papo de Pescador

Por: Afonso – Pescaria dos Amigos
30/12/2016
Compartilhar:

Olá leitores da Tribuna de Petrópolis. Estamos aqui em nosso encontro semanal, desta vez para dar algumas dicas e falar um pouquinho de nossa região.

Há muito tempo, nossa região vem sofrendo bastante com a poluição e desmatamento. Nossas águas estão sujas e pouco piscosas. Nos últimos anos, um grupo de amigos está fazendo um trabalho de conscientização da população e também dos pescadores. Este trabalho vem trazendo resultados na preservação principalmente de nossas águas, apesar deste resultado ainda estar bem longe do satisfatório.

Nós pescadores, temos a obrigação de proteger e manter limpo o ambiente que tanto amamos. Cabe a cada um de nos preservar, proteger e ajudar a conscientizar o próximo. Temos que plantar a sementinha do bem, passar a diante o pensamento de cuidar da natureza e também denunciar quando algo de errado estiver acontecendo.

Já vi muitos lugares que no passado eram repletos de espécies e que no momento não há mais peixe. Vou dar como exemplo a represa de Serra da Mesa, em Goiás, a qual tive o prazer de visitar algumas vezes.  A pesca predatória, a poluição e principalmente a falta de consciência foram responsáveis por esta tragédia. Os peixes quase acabaram e com a falta deles, espécies de pássaros, répteis e outros animais foram embora da região. Todo um ecossistema foi alterado e região ficou bastante prejudicada com essa exploração descontrolada. Mas a natureza é realmente coisa de Deus. Há pouco tempo foi instituída a COTA ZERO naquela região. Ao seu tempo, a natureza está se recuperando, e aos poucos aquele ecossistema está se regenerando e buscando o equilíbrio.

  Nossa região possui rios maravilhosos, além de uma represa belíssima. Não precisamos mais fazer grandes viagens para pegar bons peixes. Com a criação da represa de furnas às margens da rodovia BR-116, temos peixes de grande porte e espécies diferentes no “nosso quintal”. 

Porém, algumas pessoas continuam a poluir nossas águas e outros que se dizem pescadores, a praticar a pesca predatória com redes e outros artefatos. Algumas vezes eu mesmo presenciei esta triste cena: “pescadores” retirando redes repletas de peixes de várias espécies. Uma pena, principalmente agora que estamos na época de piracema, onde os peixes sobem as águas para desovar. Se estes são mortos antes mesmo da desova, não teremos o repovoamento natural, o que, ao longo dos anos vai destruindo a população de peixes.

Estamos seguindo os tristes caminhos da represa de Goiás e de tantas outras devastadas pelo homem. Se não tomarmos alguma atitude agora, brevemente não teremos mais a oportunidade de nos divertir, tão perto de casa. 

Temos que começar a cuidar, tomar medidas para melhorar nosso convívio com a natureza, nos tornar um pouco mais responsáveis pelo que nos cerca e principalmente utilizar o bom senso. Se cada um de nos fizer a sua parte, juntos conseguiremos reverter este quadro. 

Ainda da tempo!

Fica a dica!

Veja mais no blog AQUI.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Jornal Tribuna de Petrópolis.