Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Passeador de cães: trabalho exige fôlego e muito amor aos animais

Por: Luana Motta
26/10/2017
Compartilhar:
Marco Oddone / Tribuna de Petrópolis
Há cerca de um ano e meio, a aposentada Margareth Duprez pensou em buscar uma atividade que a motivasse e, principalmente, que não a deixasse parada. A escolha não poderia ter sido melhor: ela decidiu que seria uma dog walker, ou passeadora de cães, como a atividade é conhecida no Brasil. Muito comum nos Estados Unidos, o trabalho ainda está em expansão por aqui. Mas não pense que a profissão é moleza. Segundo a aposentada, passear com cães não é para qualquer um: tem que ter muito fôlego e, principalmente, amor pelos animais.

Cadastre-se gratuitamente ou faça o login utilizando as redes sociais para ler 15 matéria(s) por mês ou faça uma assinatura digital para ter acesso livre à todas as edições da sua Tribuna digital.