Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Prefeitura anuncia novo CRAS em Itaipava

27/10/2017
Compartilhar:
Foto: Divulgação

O município conquistou R$ 1,5 milhão em recursos federais para a construção do CRAS de Itaipava. A verba foi garantida com projeto enviado pela Secretaria de Assistência Social ao Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) no início do ano. O CRAS vai funcionar no mesmo espaço onde existe, onde, o Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti, em Itaipava. A média de atendimento é de 250 usuários por mês e a expectativa é que esse número aumente ainda mais com a instalação de um Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), que assistirá a população dos distritos. Hoje o serviço é prestado apenas no centro da cidade.

O Centro de Cidadania conta com um recém-inaugurado posto do Procon, sala de apoio da Defesa Civil, Detran, Defensoria Pública e Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Tem também serviço de emissão de carteira de trabalho, balcão de empregos, curso para idosos, baile da melhor idade, um grupo de apoio de Alcoólicos Anônimos (AA), Bazar 0800 e um Totem de pronto atendimento da Enel.

O prefeito Bernardo Rossi explica que o Centro de Cidadania ganhará um segundo andar para a criação do CRAS e a sala que hoje é ocupada pelo serviço será um CREAS. “Agora a população dos distritos não precisará mais ir até o centro da cidade para receber a assistência especializada do centro de referência que são os casos mais graves e críticos, como os de violência, menores infratores, entre outros. O CRAS vai poder continuar com os serviços de realização do cadastro único e dos benefícios sociais, palestras e grupos de convivência. Essa é uma conquista para todos os que necessitam desses serviços”, afirma.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, explica que para receber o recurso federal era preciso que o imóvel fosse próprio da Prefeitura ou cedido por no mínimo 20 anos. “Esse imóvel é do Estado e nós fizemos toda a documentação para que eles nos cedam por mais 20 anos para que possamos realizar as obras necessárias do novo CRAS, além de melhorar a estrutura do Centro de Cidadania. Assim que o recurso estiver disponível, vamos abrir a licitação e pretendemos já no próximo ano iniciar as obras”, afirma Denise Quintella.