Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Prefeitura anuncia Unidade de Saúde Básica para o Bingen

25/10/2017
Compartilhar:
Reprodução Internet

Após 27 anos de espera, os moradores do Bingen terão uma Unidade Básica de Saúde (UBS) no bairro. Com a expectativa de atender aproximadamente 15 mil pessoas, a unidade será de fácil acesso à população. O local escolhido é um galpão, atualmente ocupado pela Secretaria de Obras, na entrada do bairro Vila Militar com estrutura média de 600 m². A UBS terá 12 consultórios para atendimento médico, odontológico e de enfermagem, além de uma sala de vacina e de curativos.

“Foi uma promessa do governo Gratacós, em 1990, à população do Bingen e que agora conseguiremos concretizar. Mesmo com crise financeira, a prefeitura segue captando verbas federais para investir em saúde, educação e obras”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Para construir a unidade, o município receberá R$ 450 mil de recursos federais e por determinação do Ministério da Saúde para a liberação da verba é necessário que o imóvel seja pertencente ao município.

O anúncio foi feito na reunião do Conselho Municipal de Saúde (COMSAÚDE) de terça-feira (25.10) e na quinta-feira (26), às 14h, ocorre a licitação por tomada de preço onde as empresas disputarão para criar o projeto de construção da UBS com valor máximo de R$ 284.285.10.

“Essa licitação é para criarmos o projeto de três Unidades Básicas de Saúde. A do Bingen é a que devemos receber o valor das emendas mais rapidamente. Ainda não temos previsão da entrada do recurso, mas já teremos o projeto pronto para ser executado assim que a verba for liberada pelo governo federal”, avalia o secretário de Saúde, Silmar Fortes. As outras unidades serão em Corrêas e Itaipava.

O prefeito Bernardo Rossi visitou o espaço em junho acompanhado do secretário de Saúde, Silmar Fortes, e do secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, o prefeito se interessou pelo galpão, principalmente por promover a acessibilidade da população.

“O espaço é ótimo e com ponto de ônibus na mesma calçada. O prédio é da prefeitura, já temos a emenda destinada então pretendemos realizar essa obra já no próximo ano. Vale destacar que iremos preencher um vazio assistencial promovendo atendimento para os moradores da Vila São José, Oswaldo Cruz, Villa Militar, Manoel Torres, Capela, Campo do Serrano, Bingen e Quarteirão Ingelhein. São quase 15 mil pessoas que terão acesso aos atendimentos de prevenção e promoção de saúde”, explica o prefeito, Bernardo Rossi.

O secretário de Saúde Silmar Fortes aprova a área que tem ainda a possibilidade de absorver o CEO – Centro de Especialidades Odontológicas localizado na Rua Alfredo Pachá, o que geraria uma economia de R$ 8 mil mensais de aluguel.

“As possibilidades são infinitas, além do atendimento da UBS poderíamos trazer o CEO o que além de centralizar os atendimentos geraria uma economia com os aluguéis. Importante reforçar que apesar da unidade ser próxima ao Hospital Municipal Nelson de Sá Earp e da UPA Centro os atendimentos da UBS não são de urgência e emergência e sim de consultas médicas, odontológicas, pediátricas e poderemos ainda oferecer nutricionista, fonoaudióloga e até psicóloga”, anuncia Silmar Fortes.