Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Técnica moderna ajuda no emagrecimento

21/02/2017
Compartilhar:

A obesidade e o sobrepeso vêm aumentando no Brasil. Estima-se que mais da metade da população está acima do peso, e 20% já atinge pessoas adultas no país. O problema é identificado com mais frequência entre as mulheres, e tem crescido na população infantil onde 7,3% das crianças menores de cinco anos estão acima do peso, sendo as meninas as mais afetadas, com 7,7%. Os dados foram levantados pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), em conjunto com a Organização Pan-americana de Saúde (Opas) divulgado recentemente. 

Segundo o documento, elaborado com base em dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o sobrepeso em adultos no Brasil passou de 51,1% em 2010, para 54,1% em 2014. A tendência de aumento também foi registrada na avaliação nacional da obesidade. Em 2010, 17,8% da população era obesa; em 2014, o índice chegou aos 20%, sendo a maior prevalência entre as mulheres, 22,7%. Diante dos riscos que a obesidade traz para a saúde, e por já ser considerada uma epidemia, diversos métodos de emagrecimento têm sido adotados nos últimos anos. 

Petrópolis não fica de fora dos municípios que desenvolvem ações de conscientização mobilizadas pelas redes pública e particular para mudar essa realidade. A novidade é que o município passou a integrar em janeiro deste ano, uma lista seleta de cidades que possuem clínicas que oferecem o Método de Emagrecimento 5S. O tratamento foi desenvolvido no Brasil pela fisioterapeuta dermato funcional, Edivana Poltronieri, e consiste na associação de 5 técnicas consagradas, aplicadas em 3 ciclos chamados como a fase da perda, manutenção e reeducação. 

A junção das três etapas resulta na reprogramação da Hipotalâmica, e promove emagrecimento rápido, saudável e sustentável, de acordo com a fisioterapeuta Michele Matias, atual detentora do tratamento na cidade. O tratamento também engloba a ingestão de neutraceuticos através de cápsulas compostas por uma combinação inteligente de nutrientes. É importante ressaltar que não se trata de medicamento, e portanto apenas a ingestão do mesmo não proporciona o emagrecimento. Na verdade os neutraceuticos auxiliam na desinflamação do hipotálamo, pequeno órgão do sistema nervoso que controla a temperatura corporal, apetite, sede e o gasto energético, além de ser o principal centro da expressão emocional. 

“Todo o tratamento consiste na combinação de muitas coisas. O 5S é realizado por uma equipe multidisciplinar, tendo acompanhamento com nutricionista, e psicólogo em tempo real diariamente (através de whatsapp), e de forma presencial com esteticista e fisioterapeuta. Na estética, são utilizados tratamentos com técnicas lipolíticas e oxidativas que ativam o metabolismo, promovem a destoxificação, estimulam a termogênese, modelando o corpo e prefinindo a flacidez. E aproveitando a era tecnológica, o paciente é acompanhado diariamente em tempo real, em um trabalho de motivação, coaching, uma espécie de “plantão tira dúvidas”, usado também para adaptações, desabafos, receitas e dicas de saúde e bem estar. Os resultados podem chegar a perda de até 15kg no mês, sem a obrigatoriedade da prática de atividade física, onde o paciente perde massa gorda, preserva e/ou mantém a massa magra, diminui o percentual de gordura visceral e resgata o peso ideal, consequentemente, a sua saúde”, explicou a especialista.

Apesar de ter um único conceito o tratamento 5S sofre adaptações para servir da melhor forma possível cada indivíduo. O período mínimo de duração de três meses, e se estende de acordo com a necessidade de cada paciente. Por isso ele é indicado tanto para casos de obesidade extrema, quando já existe necessidade de cirurgia bariátrica, por exemplo, quanto para quem deseja perder até 15kg, ou até mesmo para crianças que apresentam sobrepeso. “A pesquisadora brasileira desenvolveu esse tratamento justamente visando auxiliar todos os públicos. O que podemos perceber é um número expressivo de pessoas que já haviam optado pela cirurgia, mas tentaram como última alternativa o tratamento e conseguiram resultados maravilhosos, podendo desistir de se submeter a um procedimento cirúrgico. Sem contar que a perda de peso promove a melhoria de muitos problemas de saúde. Alguns casos de diabetes podem inclusive ser resolvidos, assim como a taxa de glicose, colesterol, entre outras, voltarem a normalidade ou melhorarem consideravelmente”, afirmou Michele.