Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Termina hoje a Festa Literária da Serra Imperial; confira a programação

Por: Redação Tribuna
02/09/2017
Compartilhar:
A exposição “A Serra Imperial de Machado de Assis e seus melhores poemas” está em cartaz no Centro de Cultura Raul de Leoni (Foto: Arquivo Tribuna)

É hoje (2) o último dia da Festa Literária da Serra Imperial - FLISI deste ano, a programação começa com visita guiada à exposição “A Serra Imperial de Machado de Assis e seus melhores poemas”, às 11h, no Centro de Cultura Raul de Leoni, seguida de oficina criativa sobre o escritor. Também às 11h, será realizada visitas guiada à exposição “Quarup”, baseada no livro de Antônio Callado sobre os índios do Xingu, seguida de oficina criativa sobre o escritor, na Casa da Educação Visconde de Mauá.

À tarde, às 15h, no cineteatro do Museu Imperial, ocorre a mesa  “A Memória como fonte para a Ficção e a não ficção”, com os escritores Clóvis Bulcão, Ruy Castro e Heloísa Seixas, com mediação da mestre em Filosofia da Educação, Lara Sayão. Os autores conversam sobre a transição entre a ficção e a não ficção a partir da memória. Clóvis Bulcão e Ruy Castro escrevem biografias e livros de reconstituição histórica, Heloisa Seixas é autora de romances e contos. Só que, no caso do casal Ruy Castro e Heloisa Seixas, às vezes, os papéis se invertem e eles se metem na seara um do outro. Os três conversarão com o público sobre os prazeres e os desafios da escrita, bem como, sobre as diferenças entre biografia e memória, e entre ficção e não ficção. A mesa será seguida de sessão de autógrafos dos autores.

A visita guiada à exposição “A Serra Imperial de Machado de Assis e seus melhores poemas”, ocorre novamente no Centro de Cultura Raul de Leoni, às 15h, seguida de oficina criativa sobre o escritor.

Falando sobre trova e poesia, participam do “Espaço da Literatura Petropolitana” os escritores Vera Abad – presidente da Academia Brasileira de Poeisa, Carolina Parada, Catarina Santos, Francisco S. Esteves, Catarina Maul, Carla Pujol, Felipe Medon, Carlos Borges, Glorinha Rattes e Marglori, às 16h, na Casa da Educação.

À noite, às 18h30, no cineteatro do Museu Imperial, encerrando a FLISI 2017, será realizada a apresentação do espetáculo teatral “Um Sarau Imperial”, uma dramatização interativa de uma atividade típica de lazer do século XIX, embalada por modinhas imperiais cantadas por uma soprano e acompanhadas ao piano, o público assiste e participa com canções, declamação de poesias e conversas sobre assuntos sociais, econômicos, políticos e culturais da época, retirados da correspondência particular da família imperial. A peça conta com as personagens históricas Princesa Isabel, Condessa de Barral, Baronesa de Loreto, Francisca Taunay e Adelaide Taunay.