Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

“Túnel deveria ter sido monitorado depois da paralisação das obras”

Por: Janaina do Carmo
14/11/2017
Compartilhar:
Bruno Avellar / Tribuna de Petrópolis
Para o professor de engenharia da Universidade Católica de Petrópolis (UCP), Ricardo Franciss, o abandono da obra do túnel que faz parte do projeto da nova pista de subida da serra, e a falta de um monitoramento após a paralisação dos trabalhos, por um período muito longo, podem ter sido as causas do desabamento que ocorreu há uma semana, na altura do quilômetro 81 da BR- 040, na Comunidade do Contorno. A cratera de quase 70 metros de profundidade se abriu bem no local por onde o túnel passa.

Cadastre-se gratuitamente ou faça o login utilizando as redes sociais para ler 15 matéria(s) por mês ou faça uma assinatura digital para ter acesso livre à todas as edições da sua Tribuna digital.