Tribuna de Petrópolis

Texto A - A A +

Vem aí : "Homem-Aranha - De volta ao lar"

Por: Edgar Borges – Pop Fun
28/06/2017
Compartilhar:
Foto: Sony Pictures

Depois de sua brilhante estreia no universo cinemático da Marvel (MCU), em “Capitão América: Guerra Civil”, onde fez parte da equipe liderada pelo Homem de Ferro, o amigão da vizinhança mais famoso de Nova York, retorna com seu tão esperado filme solo, sob o título: “Homem-Aranha : De volta ao lar”.

Não por acaso, o título escolhido traz um clima de otimismo nesta, que é a 3ª encarnação do herói nas telonas. Depois de ser vivido por Tobey Maguire, na trilogia original (2002,2004 e 2007), que foi comandada pelo diretor Sam Raimi, o teioso passou por uma reformulação, fato que causou muito desgosto dos fãs à época, com a escalação de Andrew Garfield para o papel de Peter Parker. Venhamos e convenhamos, após 2 filmes (2012 e 2014) , que se não foram ruins, também não foram tão bons quanto poderiam, por se tratar do herói de maior apelo popular da Marvel, ficou a pergunta: onde a Sony estava errando ?

Relembrar para seguir adiante

Diante de um beco quase sem saída, a então presidente da Sony Pictures no período, Amy Pascal, realizou um acordo altamente sigiloso com o presidente do Marvel Studio, Kevin Feige, que só veio à tona, quando o estúdio decidiu efetuar o lançamento do polêmico filme : "A entrevista", com James Franco e Seth Rogen, de 2014, onde satirizavam o líder norte coreano Kim Jong-un, o que gerou a revolta e uma ofensiva hacker por parte dos norte coreanos, tornando públicos, inúmeras informações sigilosas do estúdio e da empresa que dá nome ao mesmo. Até a rede da Playstation pagou o pato no período. 

Quando foi divulgado que estava ocorrendo uma troca de emails entre os cabeças Pascal e Feige, a notícia reverberou no mundo NERD com muito júbilo, pois alguns dos principais pontos do diálogo, eram a integração do herói com o já bem estruturado MCU, a permissividade de que fosse a Marvel à contar a história do tagarela escalador de paredes, e, o principal, um rosto jovem e novo para assumir o fardo. Dessa maneira, entre os 5 finalistas ao posto, que já iria interagir com Capitão América e Homem de Ferro, em "Guerra Civil", o escolhido foi o inglês Tom Holland, que não só foi perfeito em sua participação, mas trouxe o tão sonhado "ar jovial" ao tímido Peter Parker em seu dia-dia, e excessivamente falante quando trajando o uniforme vermelho e azul.

Com grandes poderes...

No novo filme, de John Watts, do thriller "A viatura" (2015), veremos o lado colegial de Peter, ainda nos seus dias de colegial, entre as dúvidas da adolescência, e a certeza de querer fazer o bom uso de suas novas habilidades, para impressionar seu tutor nesta jornada Tony Stark (Robert Downey Jr.), e quem sabe; merecer um lugar no time dos Vingadores.

Holland que esteve no Brasil em Maio, para promover o vindouro filme com sua colega de elenco, a  atriz Laura Harrier, em evento do Grupo Omelete, aproveitou para visitar uma instituição de caridade, provar iguarias e tudo mais que uma celebridade deve cumprir em sua agenda de compromissos. E declarou no período, que talvez o maior desafio do filme seja o de atuar ao lado de Downey Jr., pois foi graças à sua atuação inspiradora em "Homem de Ferro" (2008), os filmes de super heróis voltaram a ganhar o destaque e respeito merecidos. 

Além de Tom e Robert, outros grandes nomes integram a superprodução. Vamos à alguns deles : Michael Keaton(Adrian Toomes /Abutre), Marisa Tomei (Tia May), John Favreau (Happy Hoogan), Gwyneth Paltrow (Pepper Potts), Donald Glover (Aaron Davis), e outros.

Confira a sinopse oficial : 

O jovem Peter Parker/Homem-Aranha (Tom Holland), que fez sua estreia em Capitão América: Guerra Civil, começa a lidar com a sua recém-descoberta identidade como o super-herói Cabeça de Teia, em Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Entusiasmado com sua experiência com os Vingadores e sob o olhar atento de seu novo mentor Tony Stark (Robert Downey Jr.), Peter retorna à casa onde vive com sua Tia May (Marisa Tomei). 

Distraído por pensamentos de provar ser mais do que apenas o Homem-Aranha, amigo da vizinhança, ele tenta se readaptar à sua rotina, mas quando o Abutre (Michael Keaton) emerge como um novo vilão, tudo o que Peter considera mais importante em sua vida será ameaçado. 

O filme, que estreia em 5 de Julho em grande circuito, terá crítica exclusiva da Tribuna de Petrópolis, que recebeu convite da Sony Pictures para sessão de imprensa do título.